Iris cantava Bate o Sino Pequenino Sino de Belém, olhava ora para o “Tube” e ora para mim. E voltava os olhos para o vídeo e depois me olhava de novo, como quem diga: cante comigo, Dedé.

E um dia destes, jogava futebol com o papai e a mamãe no quintal enquanto era observada pela Dedé que estava sentada no sofá. Ela tentou me puxar pelas mãos ali pela grade da janela. Não dava. Pois deu a volta, entrou na sala, veio até Dedé. Puxou-lhe as mãos, tirando-a do sofá:

_ Vem. Todos.

Como quem diga. Vem brincar, Dedé. Quero brincar com todo mundo.

E quando faz tim-tim com a mamadeira, em dia de festa, brinda com o papai, a mamãe, mas também quer brindar com o vovô, a vovó e a Dedé. E se a Dedé estiver na outra ponta da mesa, tem que ir até ela porque ela quer brindar com todos.

Ela quer brincar com todos.

Ela quer cantar com todos.

Ela fica mais feliz quando estamos todos juntos.

Sigo aprendendo, sempre inspirada e sempre agradecida.

Anterior Posterior

Deixe o seu recado!

voltar ao topo